quinta-feira, 31 de maio de 2018

Primeira laje concretada

Oi vizinhos, como estão?

Venho atualizar vocês em que "pé" estamos com a obra.
Semana passada concretamos a primeira laje.
Já estamos subindo as paredes do segundo piso, mas vai atrasar um pouco porque precisamos de mais tijolos , porém com essa paralisação e falta de gasolina as olarias não estão entregando.

Cada nova etapa concluída é um passo muito grande e nos deixa muitos felizes.
Vou atualizando vocês sempre que tiver um avanço bacana em cada etapa.

Foram utilizados 10 metros cúbicos de concreto para concretar as duas lajes (minha casa e casa da mamãe), na verdade era 9,4 mas o Engenheiro pediu para arredondar e ainda sobrou um pouco.

Deixo as fotos atualizadas da obra e valores gastos até o momento.


Finalizando a minha laje

Lado do meu irmão

Vigas da parte de cima , casa do meu irmão

Minha laje e meu pé direito duplo


Preparando para começar a subir as paredes no segundo piso





Gastos até o momento

Anterior: 28.458,80

Madeirit - R$ 64,00
Arame recozido, Madeira, Prego - R$ 1.118,00
Ferro 5mm, 8mm e 10 mm - R$ 1.582,00
Laje - R$ 3.720,00
Concreto usinado para a Laje - R$ 2.850,00
Tela (laje) e caixa de Luz - R$ 1.300,00
Saibro Britado - R$ 640,00
Garganta - R$ 449,00
Escora - R$ 160,00
Cimento (35 sacos) - R$ 766,50
Aluguel Betoneira - R$ 50,00
Caçamba Entulho - R$ 160,00


Total: R$ 41.318,00  lembrando que o total é dividido por 2. Só não será dividido a parte do acabamento.

Somente de material, cada um gastou em média 15 mil para subir a casa até a primeira laje.



Bjos Adri



segunda-feira, 16 de abril de 2018

Mudamos o Projeto

Bom dia vizinhos, como estão?

Nossa obra está na primeira laje, na verdade falta terminar de montar umas vigas concretar e depois a laje. Quando concretar a laje atualizo aqui.
Agora com as paredes todas levantadas e as vigas na parte superior , conseguimos ter uma visão maior da casa. Eu sempre quis um living e uma sala de TV, no projeto visualizei somente a parte debaixo e não tinha espaço para os dois ambientes. Na parte de cima fizemos 3 quartos, mas conversando semana passada começamos a analisar. Para que 3 quartos? 
Eu tinha visto um vídeo de tour pela casa nova da Taciele Alcalea e amei uma parte em especial. Ao lado da escada ela fez o estúdio dela e a parede toda de vidro, com visão para a sala.
Eu amei e já pensei em  mudar lá em casa. 

Posso tirar um quarto e fazer outro ambiente, um mezanino com vista para sala.
Quando chego em casa meu marido veio me falar que teve uma ideia, pasmem, era a mesma coisa que eu tinha pensado. Não precisamos de 3 quartos podemos fazer uma sala de TV.
Subindo a escada,  do lado esquerdo seria um quarto, agora vai virar uma sala de TV. Não vamos subir a parede que teria ali, simples assim.
Ficará tudo aberto,  entrando pela porta da frente tenho a visão do pé direito duplo, da escada, da sala de jantar e  agora da sala de TV logo acima da escada.
Como podem observar na imagem abaixo.





Eu amei demais. Gosto de sala de TV mais aconchegante, reservada.
Onde seria a sala de TV, logo na entrada, agora será o living.
Vai ficar do jeitinho que eu queria, com todos os ambientes que imaginava ter na casa.
Penso em  colocar um guarda corpo de vidro ali na sala de TV.
Se por algum motivo mais tarde precisar ter 3 quartos, é só subir a parede. Falei com o Engenheiro referente a mudança e ele disse que não teria problema em relação a estrutura.

Bem que me falaram que é comum mudar algo no projeto depois que começamos a construir rsrsrs.



Bjos Adri







segunda-feira, 19 de março de 2018

Já temos paredes

Oi Vizinhos, como estão?

Hoje venho falar como anda a obra. Estamos quase na laje :).
Todas as paredes da minha casa (piso térreo) estão levantadas, agora estão finalizando as ultimas paredes da casa da minha mãe (piso térreo). Acredito que na semana que vem já começaremos a laje.

O tempo está ótimo chove as vezes no final do dia somente, não atrapalhando o andamento da obra.
Estou achando bem rápido,talvez porque a casa também não é tão grande e não tem tanta divisão embaixo, acredito que no piso superior demore um pouco mais, foram duas semanas para subir a minha e acho que também vai fechar duas semanas na casa da minha mãe.

Essa semana completa 4 meses de obra, mas em Dezembro ficamos 2 semanas parados por causa da chuva e em Janeiro também foram quase 2 semanas  parados, Fevereiro e Março que  realmente tá andando. 

Deixo umas fotinhos aí para  vocês acompanhar  e mais ao final os gastos até o momento.


Minha casa

Portas da cozinha e da sala de jantar, fundos da casa

Corredor lateral casa

Cozinha

Sala de jantar e cozinha

Entrada para o lavabo e lavanderia

Lavabo

Lavanderia

Lavanderia

Sala de jantar


Sala de estar, espaço para a escada mais ao meio e sala de jantar

Visão do janelão (pele de vidro)

Visão da porta de entrada


Garagem


Casa da mãe 


Visão da porta de entrada

Sala de estar, espaço para a escada mais ao meio, cozinha

Lavabo

Lavanderia

Garagem toda aberta



Gastos até o momento

Anterior: 21.969,70

Prego e arame recozido: R$ 57,00
Areia: (2 metros) R$ 150,000
Saibro Britado brita 0 (2 metros): R$ 180,00
Tijolo de 14  (3 mil tijolos) - R$ 1,700.00 
Tijolo de 11,5 (5 mil tijolos) -R$ 2,400.00
Cimento e Cal - R$ 829,70
Sarrafo (20 peças) - R$ 42,00
Ferro 5 mm (48 barras)  - R$ 312,00
Ferro 10 mm (30 barras ) - R$ 711,00
Ferro 12,5 mm (3 barras) - R$ 107,40

Total: R$ 28.458,80  lembrando que o total é dividido por 2. Só não será dividido a parte do acabamento.

Até o momento podemos dizer que cada um gastou pouco mais de 14 mil.



Bjus Adri




terça-feira, 13 de março de 2018

Praia Lagoinha do Leste - Trilha via Praia do Matadeiro

Oi Vizinhos, como estão?

Dia 09/03 é feriado aqui na Cidade, aniversário de Joinville, minha bela cidade completou 167 anos.
Aproveitamos o feriado para passear, estávamos organizando uma trilha fazia uns meses e finalmente a fizemos. Fomos conhecer a praia Lagoinha do Leste em Florianópolis, só é possível chegar lá  por trilha ou então atravessando de barco.

Praia Lagoinha do Leste

Fizemos a trilha de Matadeiro, deixamos o carro na praia da Armação em um estacionamento que também oferecia ducha e banheiro, 20 reais o dia todo. Ali pegamos algumas informações e seguimos a trilha. É super fácil de achar, você precisa ir até a praia de Matadeiro que fica do lado da Armação
 (o rapaz do estacionamento nos explicou o caminho) , atravesse a praia de Matadeiro e no final tem a trilha, tem uma plaquinha direcionando.
No inicio da trilha você tem uma vista linda da praia de Matadeiro.



Inicio da trilha

A trilha é tranquila sem grandes obstáculos mas é bem longa, levamos em torno de 3 horas para chegar na praia (colocar o pé na água rsrs) . Nos primeiros minutos da trilha é um pouco mais cansativo, mais subida e só mato, pedra, sem paisagens. Depois de uns 40 minutos mais ou menos a trilha começa a ficar mais aberta e você já vai avistando cenários lindos, mais um tempinho andando e começa a ficar ainda mais aberta e vamos costeando o mar, visual incrível, surreal.
Em um ponto você está a beira de um penhasco, andando muito próximo do limite, qualquer pisada em falso e já era, vai parar lá embaixo no mar. Quem tem medo de altura não recomendo.


Penhasco







Tem vários pontos bacanas para parar e fazer fotos, alguns mirantes. Vale parar com certeza, tirávamos fotos, tomava água, comia...durante o percurso é possível encontrar água, ou então no final da trilha quando chegar na praia também encontra água. Se era apropriada para beber não sabemos, mas a cede era muita e enchemos as garrafas hahahahaha.

Mirante



Cada novo passo uma nova paisagem incrível, sério façam essa trilha.
Quando chegamos na praia nem acreditamos, paramos na pedra para fazer mais um lanche, descansar um pouco e depois descemos.

Durante a trilha

Durante a trilha

Avistamos a praia finalmente


Quando chegamos na praia tiramos o tênis e caminhamos dentro do mar, a água estava uma delicia, morna, lá tem também uma lagoa com água doce. Maravilhosa a praia, atravessamos toda a praia e fomos subir o morro da caroa, conhecer a famosa pedra do sufista. Já estávamos exaustos e não conseguimos subir tudo, paramos na metade do morro, é super ingrime. Sensação de frustração por não conseguir subir, mas sensação de superação por ter chego até ali, andamos 17 km ao todo, foram 7 horas caminhando (ida e volta). Quase não descansamos com medo de ficar na trilha durante a noite, por isso estávamos bem esgotados, mas vamos voltar e agora para acampar na praia e subir o morro com calma e descansados.

Paramos aqui e voltamos




Foram 4 horas na ida até metade do morro e 3 horas na volta, levamos uns 40 minutos para descer o morro e atravessar a para da Lagoinha, a trilha fizemos em menos tempo que na ida,  mesmo cansados  levamos em torno 2 horas e 20 minutos até chegar na praia de Matadeiro.
Foi uma experiencia incrível, fiquei uns 2 dias dolorida hahahahahah mas valeu muito a pena.
Além da trilha de Matadeiro também é possível chegar pela trilha Pântano do Sul, é bem mais curta cerca de 1 hora, mas é mais ingrime e também não tem o visual incrível da Matadeiro.
Recomendo fazer essa trilha, lindíssima.

Essa é a pedra famosa que queríamos chegar no topo, voltaremos com certeza para subir até lá.

Foto da internet



Bjos da Adri